Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Serviços

20.05.15

- Alinhamento de direções >>

A correcção da geometria de direcção é o procedimento utilizado para corrigir o posicionamento das rodas e seus respectivos ângulos.

O alinhamento de direção aumenta a longevidade dos pneus, o conforto e a estabilidade na condução, melhorando as performances e segurança da sua viatura.
.

- Alinhamento de direção personalizado >>

Alinhamento de direção personalizado consiste em ajustar os valores de geometria em função das necessidades do cliente, do veículo e da sua utilização.
.

- Equilíbrio de rodas >>

O equilíbrio de rodas é fundamental para a segurança, conforto e longevidade da sua viatura.

Um desequilíbrio de rodas tem como efeitos:

- Aumento da distância de travagem

- Desgaste irregular dos pneus

- Desgaste prematuro dos componentes de suspensão e direcção

- Desconforto de utilização

Sintomas como vibrações no volante ou na carroçaria são um forte indício da necessidade de proceder ao equilíbrio de rodas.

Consulte-nos, o diagnóstico é rápido e gratuito!
.

- Reparação de jantes >>

Falta de pressão nos pneus, passeios e buracos no pavimento são os principais responsáveis por empenos nas jantes.

Estes empenos podem danificar o sistema de suspensão e direcção do seu veículo.

A reparação de jantes é um processo comum e seguro. Feito com recurso a máquinas e mão-de-obra especializada, a jante ganha a sua forma original, com a opção de mudar a sua cor e acabamento.

Uma jante danificada nem sempre é lixo. Consulte-nos.
.

- Reparação de furos >>

A reparação de um furo envolve sempre um exame minucioso ao pneu. Para avaliar com segurança o tipo de reparação a efectuar. A desmontagem é indispensável, isto para que um técnico especializado possa avaliar se existe ou não danos no interior do pneumático.
.

- Montagem / desmontagem de pneus >>

A montagem de pneus é um serviço para téc408633_114555618744941_1207609721_n.jpgnicos com a experiência necessária e utilização de equipamentos adequados.

Devendo o pneumático ser escolhido baseado em critérios pré-definidos de acordo com o equipamento de origem do veículo e recomendações do fabricante, o profissional proporá qual a solução que melhor se adapta ao caso concreto baseando-se nas regulamentações vigentes.

.

- Serviço de Reesculturação de pneus >>

A reesculturação de pneus pesados é um serviço cada vez mais utilizado pelas empresas de transportes. Este processo tem como base o aumento, em milímetros, da profundidade do piso dos pneus, o que vai aumentar em 15% a sua faixa de utilização, até ser removido.
.

- Enchimento de pneumáticos de ligeiros e comerciais c/ nitrogénio >>

Maior segurança e economia.

O ar que respiramos é constituído na sua maioria por azoto, oxigénio e água. O oxigénio e a água do ar comprimido têm um impacto negativo nos pneus, influenciando negativamente a maneabilidade, a eficiência em termos de combustível, a duração dos pneus, o ambiente e a sua própria segurança. A solução passa por encher os seus pneus com uma elevada percentagem de azoto.

Do ponto de vista da condução automóvel, a estabilidade da pressão interna do pneu é fundamental para se garantir a segurança, por um lado, assim como a economia, por outro. Na verdade, os pneus perdem gradualmente pressão, devido à crescente porosidade da borracha e à oxidação da zona de contacto do pneu com a jante, bem como do cone de vedação da válvula do pneu.

Para complicar mais a segurança de condução, cada pneu não perde a pressão de forma exactamente igual aos outros, o que gera desequilíbrios perigosos, principalmente ao rodar a alta velocidade, mesmo em recta, ou ao efectuar curvas e travagem pronunciadas.

Em termos de economia de combustível, também é sabido que a baixa pressão dos pneus aumenta o atrito do pneu com a estrada e faz aumentar o consumo do combustível. No entanto, o aumento do consumo de combustível não é o único inconveniente da baixa pressão dos pneus. Ao deformar-se mais, o pneu com baixa pressão também aquece acima do recomendado, apressando a degradação da borracha.

Está calculado que a perda de pressão devido às causas “naturais” aqui referidas seja de 0.14 bar por mês. Pode não parecer muito, mas, como é um fenómeno muito gradual e progressivo, o condutor acaba por não se aperceber da queda de pressão dos seus pneus.

As soluções habituais para contornar todos estes inconvenientes são o controlo da pressão dos pneus, com manómetros fiáveis, a correcção regular da sua pressão e a substituição das válvulas periódica. A remontagem dos pneus nas jantes, por altura da rotação geral dos pneus, também evita o agravamento da perda de pressão de ar.

 Vantagens do nitrogénio nos pneus:

Maior eficiência em termos de combustível (emissões de CO2 reduzidas);

Maior vida útil dos pneus (pressão dos pneus mais estável, menor oxidação do pneu);

Maior segurança (pressão dos pneus mais fiável, temperatura dos pneus mais baixa, melhor aderência e maneabilidade);

Maior vida útil dos bordos (o azoto é completamente seco, não há oxidação do bordo);

Todas estas vantagens ajudam o ambiente.

Autoria e outros dados (tags, etc)